terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Excercendo a fé

Por ser armênia ortodoxa, fui batizada e crismada no mesmo momento, alguns meses depois do meu nascimento. Os rituais da igreja Armênia Ortodoxa são muito especiais, diferentes mesmo da igreja católica. São lindos, cheios de encanto, incenso, coroas, véus, cantos! Vale a pena ver uma celebração na Igreja São Jorge (Av. Santos Dumont, 55) seja missa, batisado ou até mesmo um casamento.

Minha Mãe não era o tipo de mulher que ficava fazendo novena,rezando e pedindo a Deus por tudo e por todos. Não quando eu era pequena, depois que cresci a coisa mudou um pouco, ela se mostrava mais ligada à Deus e à N.Sra Das Graças.

Já a Mãe do meu pai era devota de vários santos (as far as I remember), mas N. Sra da Aparecida e São Francisco de Assis eram imbatíveis. Eu me lembro que quando eu tinha 18 anos, fomos todos até Aparecida do Norte num ônibus alugado pelo meu avô porque ela tinha feito uma promessa (que jamais soubemos do que se tratava) e a família ia pagar. Leia-se umas 25 pessoas pelo menos.
No momento de sua morte, ela juntou filhos e netos, noras e genros, e pediu que fosse lida a oração de S.Francisco por um de nós. A Tia Rita tentou ler, mas começou a chorar no meio, peguei o papelzinho da mão dela e acabei de ler; foi um momento muito especial pra todos nós, e pra ela ainda mais, que trazia essa questão da fé consigo e tentava espalhar pra todos os que amava! Ela morreu nessa noite "como um passarinho", conforme relatou o tio Paulo, seu 3o. filho.

Desde os 17, trago a medalha milagrosa de N.Sra das Graças comigo e virei ao longo dos anos não só defensora da causa, mas cabo eleitoral dela! Não só divulgo suas bençãos, como também distribuo medalhinha, oração, novena, kit completo.Fazer o que...sou fã, mas nunca fui beata!!! Que fique bem claro!

Criei as meninas pra que tivessem sempre , entendessem o mundo espiritual, a vida aqui no planeta, e tivessem acima de tudo a liberdade pra depois de absorver esses "ensinamentos" pudessem escolher sua religião e sua fé. Elas sabem rezar do Credo a Salve Rainha!Poderiam ficar à vontade pra escolher qualquer uma!

A Stéphanie, minha filha Barbie praia, como não podia deixar de ser ama Iemanjá! Já a Jessica, Barbie Festa ama N.Sra de Guadalupe (que aliás tem uma história liiinda), vai ver que é porque é meio fashion com aquele manto impecável!!

O que me interessa é que elas acreditem, que tenham fé e que saibam que por pior que seja a situação alguém lá em cima tá de olho a gente, e principalmente, cuidando de nós! Mesmo que de vez em quando dadas as circunstâncias, elas não acreditem muito!

Acho que ter o tal grão de mostarda ao qual Jesus se referiu ("Basta que se tenha fé do tamanho de um grão de mostarda pra que ele possa crescer e se multiplicar!") passa sim pelo que a gente aprende em casa, mas é muito mais o que a vida nos traz que o solidifica ou o destrói.

Tive minha época espírita, e não só li o Evangelho do Allan Kardec pra mim, como lia pras meninas toda noite na hora de dormir. Claro que elas eram pequeninas e isso só poderia acontecer naquele momento, pois se tivessem mais de 5 anos, só dava pra ser à força, amarrada aos pés da cama com uma corda presa à boca eo Capitão Nascimento na porta do quarto. Elas curtiam e dormiam que nem anjinhos!

Em uma de suas passagens, que pra mim é a mais linda e acalentadora de todas, o autor fala sobre os pássaros. Ele diz que o passarinho não guarda comida pro dia seguinte, que ele não se preocupa com isso, mas que Deus não deixa de fazer com que ele chegue até seu alimento. E aí entra a parte mais bonita. Ele diz: "Se Deus não deixa faltar comida a um passarinho, o que dirá a um filho seu".

Durante muitos anos, nos quais eu não sabia como pagar todas as minhas contas apesar do meu trabalho, e acordava sobressaltada no meio da noite, com o coração disparado e não conseguia mais dormir pensando nisso,essa frase batia forte dentro de mim, e eu adormecia.

Graças a Deus até hoje consegui sustentar a mim e às minhas filhas. SEMPRE tive ajuda de amigos que foram verdadeiros anjos mandados por Deus e que acompanharam essa minha trajetória de vida profissional aos 40, torcendo muito por mim!
Mas eu sempre me lembrei desse trecho do Evangelho. Primeiro porque eu amo passarinhos desde pequena, e segundo porque eu acredito muito nisso.

Por exemplo: o Xeloda que consegui angariar (aquele remédio que a caixa com 120 cápsulas custa R$2.460,00- preço atualizado)não ia dar pra completar o 1o. ciclo, no qual durante 14 dias tomo 3.500mg; ou seja 7 comprimidos. É claro que eu precisaria de patrocínio pra comprar a caixa, já que o plano de saúde não fornece o remédio por ser tomado via oral, e pelo SUS o processo leva por volta de 1 mês.

Pensa que eu me desesperei?? Não!

Olhei pra cima e falei: "Eu sei que o Sr. vai dar um jeito dessa medicação chegar, já que eu sou um passarinho tão fofo"!!
Dito e feito: o pai das meninas foi o patrocinador da vez!! Não só foi até a empresa que vende a medicação, como fez um delivery rápido com direito aos biscoitinhos de chocolate que ele sabe que eu amo, só pra dar uma adoçada no tratamento!!

Tem uma frase que correu a internet durante um tempo e que fala que a gente precisa cuidar do jardim pra que as borboletas possam vir.
Eu não sei de onde raios dá pra tirar borboletas em plena São Paulo, mas a intenção é das melhores! Assim, como eu amo ouvir o canto dos passarinhos, mas com essa onda de politicamente correta (com a qual eu concordo....calma!!) comprar um deles e deixar na gaiola podia ser arriscado demais, resolvi cuidar do jardim pra que eles viessem, mesmo que morando no 19o. andar!!

Coloco todos os dias na minha varanda, um pratinho com frutas: banana, mamão, caqui...tudo molinho, conforme me ensinou minha filha caiçara!!
Tenho agora o canto dos passarinhos na minha varanda alegrando meu dia, e eles em contrapartida, o alimento que Deus de um jeito ou de outro fez chegar até eles!

A gente só não pode esquecer de fazer a nossa parte que Ele faz a dele. Como diz um provérbio árabe que eu amo:
"Acredite em Alá, mas amarre seu camelo!!"

3 comentários:

  1. Lela com certeza os pássaros sempre cantaram na sua vida, basta querer. Li o post se sua passarinha, eu sempre te falei que vc era admirável....bjos..te amo que os pássaros possam te alegrar todos os dias.

    ResponderExcluir
  2. Lela, adorei este post, é uma lição a nós homens de pouca fé. Bj

    ResponderExcluir
  3. Post lindo!!!! Ensinamento para todos!

    ResponderExcluir