segunda-feira, 25 de julho de 2011

A 7a. linha de tratamento

Nada como um dia depois do outro e uma boa noite de sono no meio.

Além é claro, do carinho de todos os que estão ao meu redor. Escrever o blog e ler as respostas dos amigos, da família,de gente que eu nem conheço, mas que mesmo por 1 minuto, está comigo de coração...Isso faz toda a diferença!

A grande verdade é que eu bobeei, me empolguei com o fato de estar me sentindo bem demais, de estar no melhor momento do tratamento em que o que eu tinha eram só os vômitos, menos vezes, mas de resto eu estava ótima. Devia ter me preparado pro pior.
Meu Pai sempre disse: "Se prepare pro pior, porque se ele vier, você vai saber o que fazer" ... ele não era muito culto, fez até o Científico e gostava de ler livros, mas toda sua sabedoria e conhecimento vinha da vida, do trabalho. Aprendi a ser forte com ele. Que falta meu Pai me faz....

Eu nunca entendi que mesmo fazendo quimio o tumor cresce; gozado como essa relação nunca me passou pela cabeça. A gente sabe que as pessoas morrem de câncer depois de anos de tratamento, mas parar e raciocinar que uma das hipóteses é que ele progride, é pedir demais!! Isso nem me passou pela cabeça, não no meu caso.
Já soube de outros que passaram por isso, mas claro (!!!) que isso não aconteceria comigo!

Helloooouuuuu

Que anta! Odeio quando sou burra, pode me chamar de gorda, de velha, de grossa, mas de burra...nunca!! Aí me ofende!!

Agora é como começar do zero, tudo de novo, só que dessa vez eu sei que vai ser mais doído, mais difícil, porque se o catéter já me incomoda, imagina ele com a bolsinha de côco!! Tá.....bolsinha de remédio, mas a única imagem que me vem é aquela do cocô! Tá certo, vamos pensar que é a bolsinha dos milagres, e vai sair um de lá direto pro meu figo !!

A Dra FFF não quis me contar como vai ser essa bolsinha, acho até que na última consulta ela queria mais é se ver livre de mim, ela mal me olhava nos olhos e fez tudo rápido, tão rápido quanto pedir um Big Mac no Drive Thru!! Believe me!!

Sabe do que eu lembrei agora? Lembra do Senhor dos Anéis? O Frodo era chamado de Frodo Baggins, porque ele carregava uma bolsinha. Olha eu aí: Froda Baggins !!

Isso vai ser um calvário, sério....tô me preparando pro tormento com todas as minhas forças, não vai ser fácil, mas é o que temos pro momento: tipo cardápio do dia!

A única coisa que ela conseguiu me adiantar é que os vômitos e enjôos vão acontecer menos, mas o cabelo vai rarear mais. E pra isso tb eu tô me preparando, não quero ficar com aparência de doente, com aquelas falhas horrorosas no couro cabeludo. Eu não vou bater o martelo, mas se começar a me incomodar demais, vou passar a máquina. Não vai ser fácil eu sei, mas talvez, seja melhor que ficar o dia todo recolhendo fios de cabelo.

Uma querida amiga, que tem dado uma força enorme pro meu psicológico não esfarelar, me perguntou sobre o medo da morte.

Não tenho.
Sério, acho que não tem nada pior do que ficar aqui na Terra. Eu fui espírita de carteirinha, tenho conhecimento do mundo espiritual também por ser médium; dizer que tenho medo é negar minha fé e todo conhecimento adquirido.
Temo pelos que ficam, pelas minhas meninas, apesar de saber que criei 2 pessoas fortes, que vão saber superar todas as adversidades sejam elas quais forem. E ai delas se me desmentirem, volto e puxo o pé das duas!!

Bottom line: não vou pensar nisso ainda.

Quando comentei com a Marta, minha amiga taróloga, que só existem 6 tipos de tratamento para esse câncer,ela me falou:"A Dra F não conta com a 7a. linha de tratamento"
Ao que eu perguntei: Qual?
E a Marta com toda sua calma e convicção, adquirida através de anos de estudos sobre a Fraternidade Branca e o plano superior: "A divina!"

Pois é...eu conto!
É ela que vai me curar!

4 comentários:

  1. Dear, vários pontos: gostaria muuuito que vc se preparasse para TUDO e não apenas para o pior; algumas "letras" pode ser remanejadas facilmente, de acordo com a conveniência (kkk); passamos a máquina na "2 baixa" e resolvemos essa parada - perdoe o trocadilho, mas cortaremos o mal pela raiz! Lela, Lela, isso não fui eu quem disse, foi uma das outras três..."

    ResponderExcluir
  2. Meu amor....muito bom te ver com mais garra! Muito bom!Esse lance do cabelo é punk mesmo, mas tenho uma amiga que recentemente tratou um câncer de mama e nunca se viu careca, foi ao cabeleireiro, passou máquina 1 de costas para o espelho, colocou um lenço magnífico, lindos brincos e saiu....Comprou uma peruca perfeita e variava entre os dois.....hj o cabelo dela já esta´crescendo, pois o tratamento acabou e ela está feliz da vida! Beijo e "Força da peruca"!

    ResponderExcluir
  3. Oi Bela da tarde, vc ta pirada com a sua bobeira,mas não somos infalíveis, depois de conhecer a maternidade... ser mãe é uma louca aventura e vc venceu, então dar uma "vacilada" não é nada. Pensa que a tal bolsinha é uma LV para o seu bem, vc vai segurar sua onda e os mensageiros da luz depositarão a luz no seu interior ....Deus esta com vc e nós tb..bjos!!!Força...eu não vi teu cabelo curto vamos ter uma prévia???

    ResponderExcluir
  4. Lela, sempre haverá uma luz no fim do túnel, e nossa fé e esperança em torno desta luz não esmorecerá jamais. Estou orando contigo, para que tire forças dessa fé nos momentos mais difíceis. E com certeza, força com a peruca, com os lenços estilosos, por enquanto, que depois sua cabeleira voltará linda e brilhante como sempre foi! Bjão, Nâna.

    ResponderExcluir